Anatel recebe novo plano de investimento da Oi e ouve promessa de capitalização do Societé


O presidente da Anatel, Juarez Quadros, espera que a Oi tenha cumprido o prazo definido pelo Conselho Diretor na reunião com os controladores, realizada no dia 1 de agosto, e tenha protocolado hoje, prazo final, a sua nova proposta de investimento para a sua recuperação judicial. “Contamos que a Oi tenha entregue a sua proposta hoje,24,”, disse Quadros, após a reunião do conselho diretor da agência

shutterstock_STILLFX_agenda1_calendarioAtualizada às 21:00

O presidente da Anatel, Juarez Quadros, espera que a Oi tenha cumprido o prazo definido pelo Conselho Diretor na reunião com os controladores, realizada no dia 1 de agosto, e tenha protocolado hoje, prazo final,  a sua nova proposta de investimento para a sua recuperação judicial. “Contamos que a Oi tenha entregue a sua proposta hoje,24,”, disse Quadros, após a reunião do conselho diretor da agência. No Rio de Janeiro, o presidente da operadora, Marco Schroeder, confirmou que entregou o novo plano de capitalização da empresa para a Anatel.

Quadros confirmou que recebeu ontem, 23, Nelson Tanure e Hélio Costa, representantes do fundo Sociétè Mondiale, que possui 6% do controle da companhia. Segundo o presidente da Anatel, os dois disseram que estavam buscando alternativas para a capitalização da empresa. “Vamos aguardar a proposta a ser divulgada”, afirmou.

PUBLICIDADE

Bondholders

O presidente da Anatel afirmou também que irá receber na próxima semana os representantes dos bondholders, que apresentaram ontem (23) ao mercado a sua nova oferta. Ela significa a injeção de R$ 3 bilhões e transformação da dívida de mais de R$ 20 bi que está em poder deles em participação de mais de 88% nas ações da empresa.

STJ

Segundo o presidente, a decisão do STJ desta semana, de que as multas da Anatel devem continuar na recuperação judicial da Oi, não se contradiz com que a agência tem defendido. Segundo ele, o que a Procuradoria e a AGU questionam é o fato de a Anatel não ter que participar da Assembleia de credores.

“Não podemos negociar na Assembleia e essa interpretação continua a prevalecer” afirmou. Quadros disse também que não há mais nada a fazer em relação a tentar resgatar o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) na MP 780 (do Refis das multas). ” Não há mais nada a fazer”, disse o presidente. A MP vai prosperar nos termos da relatoria do senador Wilder Morais”, concluiu.

 

Anterior Oi vai incubar startups no Rio de Janeiro
Próximos Oi se encontrará com bondholders na próxima semana para debater recuperaçao