Anatel autorizou o uso do VAR na Copa América


Órgão respondeu por testes e etiquetagens de equipamentos como microfones, câmeras sem fio e Video Assistant Referees (VAR), entre outras coisas

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) atuou na Copa América 2021 junto aos organizadores, em trabalhos que foram até o dia 11 de julho. Equipes da fiscalização da Anatel responderam por testes de equipamentos como microfones, câmeras sem fio e Video Assistant Referees (VAR), além de analisar interferências prejudiciais e emitir atos de Uso Temporário do Espectro de Radiofrequências.

Como resultados das ações desenvolvidas para a competição, a Anatel teve um total de 60 dias de trabalho presencial, somados às atividades internas de planejamento, viagens e testagens de Covid-19. A agência mostrou presença em todos os 28 jogos do evento, realizados em cinco estádios, nas quatro sedes (Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia e Cuiabá). Para isso, mobilizou 45 servidores de 10 Estados do país.

PUBLICIDADE

Para o torneio, a Anatel emitiu 18 atos de Uso Temporário do Espectro (UTE), que contemplaram 37 equipamentos e 28 frequências.

Objetivo

A participação da agência nos grandes eventos esportivos tem como objetivo evitar ou sanar as possíveis interferências prejudiciais e, assim, garantir a integridade das transmissões dos jogos e da comunicação das equipes de trabalho no local.

Segundo comunicou o órgão, o maior desafio da atuação da Anatel na Copa América 2021, diferentemente de outros eventos anteriores, foi o curto prazo para planejamento e execução das atividades.

“Entre a efetiva confirmação da realização da Copa no Brasil até o jogo de abertura, foram apenas dez dias. Atuações em eventos desse tipo costumam ser planejadas em meses ou até anos, como no caso de Jogos Olímpicos”, disse a Anatel.

O planejamento envolve questões como definição de quantitativos, escolha de servidores com perfis adequados, confirmação de disponibilidades, logística de deslocamentos, credenciamentos, disponibilização de equipamentos, logística de trabalhos, entre várias outras.

Com a pandemia de Covid-19, foram necessários também cuidados especiais, como a realização de testagem PCR para fiscais e motoristas antes de cada um dos jogos.

Anterior Ericsson obtém participação de só 2% no rádio 5G de 700 MHz da China Mobile
Próximos BNDES, Wayra, Artemisia e Liga Ventures selecionam 45 startups