American Tower ativa usina solar para atender sua rede de fibra óptica


Foto: CGC Energia

A American Tower do Brasil, operadora e desenvolvedora de infraestrutura, anunciou hoje, 15, a ativação da primeira planta solar para atender a 100% do consumo de sua unidade de Fibra óptica. Localizada em Minas Gerais, a planta faz parte de um projeto de Geração Distribuída (GD) e possui 4.920 painéis solares de última geração. Essa fonte de energia limpa é conectada diretamente à rede de distribuição de energia elétrica. O projeto foi realizado em parceria com a empresa CGC.

Em agosto deste ano, a American Tower do Brasil divulgou a expansão de sua rede de fibra óptica neutra em Minas Gerais. A ampliação da cobertura de rede abrangeu 15 novas localidades e novas rotas de backbone somadas ao crescimento de cobertura de rede nas cidades. Isso significa um total de 17 mil km de rede óptica construída.

Com a expansão em andamento da planta, a empresa pretende gerar excedentes de energia que serão compartilhados com clientes, em 2021. “Além da rede neutra FTTH, (fibra para casa) a planta solar pode atender a outras soluções da companhia, como o iSite, uma estrutura  compacta que agrega sistema irradiante, fibra óptica e sistema de energia pronta para receber os equipamentos das operadoras,  voltada para adensamento de rede em ambiente urbanos”, afirma Abel Camargo, Vice Presidente de Estratégia e Novos Negócios da American Tower do Brasil.

PUBLICIDADE

“Utilizar esta fonte de energia renovável evitará a emissão de 255 toneladas de CO² na atmosfera anualmente, reduzindo ainda mais a pegada de carbono da operação no Brasil”, complementa Camargo

A iniciativa está alinha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Nele, o ODS # 13 (“Ação Climática”) prevê a adoção de ações urgentes para enfrentar as mudanças climáticas e seus efeitos. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Brasscom sugere nomes para o Conselho Diretor da ANPD
Próximos Claro anuncia loja online que faz transmissões ao vivo