América Móvil tem o maior prejuízo dos últimos 15 anos e corta Capex em 2017


The logo of America Movil is seen in the company's new corporate offices in Mexico City

A América Móvil, do bilionário mexicano Carlos Slim, reportou hoje, 3, prejuízo no quarto trimestre de 2016 de 5,97 bilhões de pesos (cerca de US$ 289 milhões) contra estimativa de analistas de lucro de 5,3 bilhões de pesos. A queda foi de 138% em relação ao mesmo período do ano passado. No ano, o lucro da operadora foi de 8,6 bilhões de pesos mexicanos, 75,3% menor do que os 35 bilhões de pesos mexicanos de 2015.

As receitas de serviços no México representaram 24,1% do total do grupo. Em segundo lugar vem o mercado brasileiro com 21,6%. A empresa reportou no último trimestre crescimento de receitas de 16.9% em peso mexicano, para 269 bilhões, e crescimento anual de 9%. O EBITDA do trimestre foi de 65,7 bilhões de pesos, e do ano, 256 bilhões, queda de 17,7% ano a ano.

PUBLICIDADE

Investimentos

Segundo o CEO, Daniel Hajj, a América Móvil vai cortar 10% os investimentos desse ano, o que significa que eles irão ficar em torno de US$ 7 bi a US$ 7,5 bilhões. Segundo ele, essa redução será gerada por maior eficiência.

 

Anterior Dona da Claro descarta interesse em comprar a Sky brasileira
Próximos Temer tem até dia 20 para sancionar o PLC 79, mas STF precisa decidir