Amazon entra oficialmente na disputa do mercado de games em nuvem


Um dos serviços que começam a despontar com a chegada da 5G é o streaming de games. Hoje a Amazon lançou oficialmente o Luna, sua abordagem neste segmento. Trata-se de um serviço de “cloud gaming”, pelo qual é possível ter acesso a diferentes jogos eletrônicos, de diferentes consoles, dispensando no entanto o hardware específico.

Tudo roda pela internet, através de link com a nuvem da Amazon. Link este que se beneficia da baixa latência trazida pela 5G. Para acessar, é preciso ter um Fire Stick TV, dispositivo que dá conectividade a qualquer televisor, ou um computador, ou um smartphone Apple. A empresa vai lançar ainda o aplicativo para Android, mas não disse quando.

PUBLICIDADE

A assinatura do serviço custará US$ 6 e dará acesso a um catálogo com vários jogos. No lançamento, foram citados apenas 10, no entanto a empresa prometeu mais de 100. A companhia  diz que interessados podem se inscrever já para receber o convite e testar a plataforma. Mas não disse quando exatamente inicia a comercialização – que vai se restringir no primeiro momento aos Estados Unidos.

Ao que parece, o serviço prevê a criação de diferentes “canais” de games, conjuntos de diferentes bibliotecas que títulos específicos em cada. No lançamento, haverá a Luna+. Outra que existirá vai reunir os jogos dos estúdios Ubisoft.

Além do serviço em nuvem, o usuário poderá adquirir um controlador por US$ 50 que, segundo a empresa, reduz a latência do envio de comandos e reconhece interações por voz feitas com a Alexa, a inteligência artificial da companhia. Mas controladores de consoles conhecidos, como Xbox e One e PS4 são compatíveis.

Com o Luna, a Amazon passa a concorrer com Google, dona do Stadia, e a Microsoft, dona do xCloud. Todos os serviços tem o mesmo modelo de assinatura para usuários jogarem games de diferentes plataformas via internet, por meio de qualquer dispositivo conectado.

Anterior Amazon lança novos alto-falantes inteligentes
Próximos 3,5 GHz é o espectro mais licenciado para 5G no mundo