A Amazon abre sua primeira livraria


loja-fisica-Amazon-BooksA Amazon abriu hoje as portas de sua primeira livraria não virtual, instalada em um centro comercial de Seattle, nos Estados Unidos, onde fica a sede da empresa. Os 6 mil títulos disponíveis foram selecionados com base nas vendas online e na preferência de seus clientes virtuais.

PUBLICIDADE

Segundo porta-vozes da empresa citados pelo noticiário internacional, a empresa ainda não tem uma estratégia clara definida em relação às lojas físicas, se essa será a primeira de uma série. Tudo indica que querem experimentar a novidade e, a depender de seus resultados, combinar a sua experiência de 20 anos de venda online de livros com a venda em livrarias, onde pensam em impulsionar os títulos próprios.

De acordo com alguns analistas, a Amazon decidiu recorrer a essa experiência frente a queda acentuada do crescimento da venda de ebooks nos tempos recentes. O que não deixa de ser irônico. Depois de levar ao fechamento de inúmeras pequenas e médias livrarias especialmente nos Estados Unidos e Reino Unido por ter conseguido montar um modelo de negócio online com preço imbatível e sistema de entrega eficiente, a gigante das vendas virtuais adere um um ponto de venda físico de livros, no modelo tradicional. (Com noticiário internacional)

Anterior Procuradoria não vê "interesse público" no TAC da Oi
Próximos Saem editais para rádios comunitárias no Norte e Nordeste