Algar, NET e Oi investem mais R$ 64 milhões em redes ópticas pelo REPNBL


Os investimentos, que contam com incentivos fiscais do governo, foram aprovados hoje, 19, pelo Ministério das Comunicações. O Congresso Nacional prorrogou o prazo para a apresentação de projetos.,que terminaria no ano passado. Os incentivos fiscais (redução de PIS Cofins para a compra de equipamentos e obras) têm validade até 2016.

O Ministério das Comunicações aprovou hoje, 19, mais investimentos das operadoras de telecomunicações com os incentivos fiscais do REPNBL. A Oi, que no início do programa estava reticente,  passa, agora, a ter um grande volume de investimentos canalizados para a modernização de sua rede fixa com o apoio do programa.  Conforme os projetos aprovados hoje, a  operadora vai investir R$ 51,902 milhões em redes ópticas de transporte e de acesso. Nesta leva, serão R$ 29,731 milhões para redes de transporte ligando a região Norte e Centro-Oeste. E outros R$ 22,171 milhões em redes de acesso nas cidades de Belém, Goiânia, João Pessoa e Brasília.

Já a Algar Telecom teve investimentos de R$ 7,9 milhões aprovados, todos voltados para as redes de transportes ópticos. A NET também teve outros R$ 3,52 milhões de investimentos aprovados, para redes de acesso na cidade do Rio de Janeiro.

Telefônica e grupo América Móvil (que inclui NET, Claro e Embratel) aprovaram, no ano passado, volumosos investimentos com os incentivos do REPNBL. A Telefônica apresentou projeto de instalação de fibra óptica no estado de São Paulo, no valor de R$ 1,6 bilhão, e o grupo América Móvil, já tinha investimentos de mais R$ 1,5 bilhão

PUBLICIDADE
Anterior América Móvil paga 950 milhões de pesos mexicanos e encerra disputa de interconexão
Próximos PT SGPS traz dificuldades para registro da nova Oi na SEC