Algar Telecom lucra R$ 210,1 milhões em 2020


A Algar Telecom reportou lucro líquido em 2020 de R$ 210,1 milhões, queda de 30,5% em relação a 2019. A retração se deve à entrada atípica de recurso no caixa da empresa no ano passado, quando houve ressarcimento de créditos tributários de PIS/Cofins em função de decisão do Supremo Tribunal Federal.

Desconsiderando a entrada não recorrente em 2019, a companhia teria registrado lucro líquido 8,5% maior em 2020.

PUBLICIDADE

Tomando-se por base apenas o 4º trimestre de 2020, o lucro da empresa cresceu 165%, para R$ 44 milhões. Novamente, há distorção em função da baixa contábil realizada pela empresa no final de 2019, quando abandonou o segmento de TV por assinatura. Desconsiderando esse efeito, o lucro do quarto final de 2020 encolheu 38%.

As receitas líquidas da operadora somaram R$ 2,35 bilhões em 2020, uma alta de 10,5%. No trimestre, as receitas aumentaram 6,3%, a R$ 770 milhões.

A Algar Telecom teve melhor desempenho ao longo do ano no segmento B2B (corporativo). Neste, as receitas aumentaram 12,9%. No segmento de consumo, as vendas aumentaram 7,%. No quarto trimestre, houve altar de 11,6% no B2B, e retração de 1,3% no B2C.

Os investimentos da companhia caíram em 2020. Foram de R$ 461,7 milhões, baixa de 38,8% sobre 2019. No quarto trimestre apenas, a baixa foi de 27,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Os aportes do ano foram concentrados na ativação de clientes sobre as redes construídas nos anos de 2018 e 2019.

Apesar da retração, a companhia colheu resultados operacionais positivos. Fechou o ano com base de 159,9 mil clientes B2B, alta de 24,7%, e de 377,3 mil em banda larga de fibra para o cliente final, 33,1% superior a 2019.

Ao final de 2020, a Companhia apresentava dívida bruta de R$ 2.455,1 milhões, 7,9% superior à posição de 31 de dezembro de 2019.

Anterior Já é possível fazer chamadas de voz e vídeo pelo WhatsApp desktop
Próximos Boletos para pagamento de TFF e CFRP devem ser gerados pela internet