Algar Telecom e V.tal ‘estreitam’ parceria


Marcos Borges, head de planejamento tecnológico da Algar Telecom (Crédito: Tech Fórum Brasil 2022)

Algar Telecom e V.tal estão “estreitando” parceria, segundo Marcos Borges, head de planejamento tecnológico da Algar. Ele falou sobre a colaboração ampliar a área de atuação da empresa durante painel do Tech Fórum Brasil, evento realizado pela Convergência Digital, que reúne representantes do setor de telecomunicações em Brasília,  nesta quinta-feira, 7 .

A Algar conta atualmente com uma rede de 115 mil quilômetros, entre o Sul e Nordeste do país. A maior concentração está em São Paulo e Minas Gerais.

PUBLICIDADE

Segundo Borges, a empresa quer “quebrar paradigmas” quanto à cobertura investindo em rede neutra. “Essas parcerias vão facilitar que as operadoras não tenham limite”, disse.

“Com a V.tal, já estreitamos essa parceria, já temos alguns experimentos, MVPs [Minimum Viable Product] já acontecendo”, afirmou Borges.

Algar Telecom e V.tal

Ainda de acordo com o gerente de planejamento da Algar, “testes” já realizados com a empresa mostram que a integração “não é um bicho de sete cabeças”, mas que exige “lapidação constante”.

“O primeiro impacto quando você parte para rede neutra é que o CAPEX passa a ser só o serviço de instalação que, praticamente, cobre o valor do modem, que vai na casa do cliente e depois, o serviço que é provido e é pago mensalmente, passa a ser OPEX. Então, você tem uma natureza diferente nos custos daquele cliente para a operadora”, explica Borges.

O executivo destaca necessidade de adaptação do mercado de rede neutra para “tributos que pesem menos”. No mesmo sentido, Mauro Fukuda, Diretor de Tecnologia, Estratégia e Arquitetura de Rede da V.tal, também ressaltou a expectativa de impactos nos custos.

“O modelo de rede neutra é novo no país, mas tem tudo pra dar certo, porque vai agregar custos menores e prazos de implantação mais rápidos para as operadoras”, disse Fukuda.

A V.tal, detentora da maior infraestrutura de fibra óptica no país, conta com 400 mil quilômetros de extensão, chegando a 2,3 mil cidades.

PUBLICIDADE
Anterior " A adaptação da concessão não é grátis", afirma Coimbra, da Anatel
Próximos Oi não pode se desfazer das centrais do STFC sem aval, diz Anatel