Algar inicia expansão da banda larga fixa residencial fora da área de concessão


Cidade de Araxá (MG) vista do alto
Cidade de Araxá (MG) vista do alto (Crédito: Wikicommons)

A Algar Telecom avisou que começou a expansão de seus serviços de banda larga fixa residencial em fibra para além da área de concessão. A primeira cidade a receber a rede de varejo da companhia é Araxá, em Minas Gerais, onde a operadora não tinha nenhum ativo de cobre nem cumpre obrigações de atendimento em telefonia fixa. Segundo a empresa, a expansão no residencial para novas cidades é um projeto que só vai crescer nos próximos meses.

Em Araxá, a rede óptica construída tem 100 Km e já passa na frente de 70% das casas que a companhia pretende atender. A título de comparação, a concessão da Algar tem rede em 87 cidades nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul. A companhia também tem redes no Nordeste e em outras regiões, dedicadas no entanto ao atendimento B2B, e não residencial.

PUBLICIDADE

“Queremos explorar o crescimento nacional no B2C como uma oportunidade de melhor aproveitamento da infraestrutura que já temos disponível aliada à grande demanda de conectividade em fibra no país”, fala Márcio de Jesus, vice-presidente de negócios varejo da Algar Telecom, sobre o plano de expansão.

Para isso, a operadora cogita realizar crescimento orgânico, como no caso de Araxão, comprar ISPs, atrair franqueados e utilizar redes neutras. “Essas frentes irão coexistir e se complementar em nossa estratégia. Nosso backbone já passa por 16 estados e 600 municípios, o que mostra o tamanho do potencial, mas a prioridade neste primeiro momento estará nas regiões Sul e Sudeste”, complementa o executivo.

Araxá foi escolhida para o piloto por ser uma cidade próxima à área da concessão, além de ter um perfil demográfico semelhante a outros potenciais municípios para futuras expansões. Outro ponto relevante para a decisão foi o fato de a cidade já contar com operação de celular da Algar, o que representa a possibilidade de pacotes com serviços fixos e móveis, algo que a área não conta hoje. Além disso, os clientes do segmento B2B da cidade também já são atendidos, o que traz ganhos pelo conhecimento prévio da marca.

A estratégia de entrada na nova localidade envolverá uma oferta de lançamento de 600 mega por R$ 39,90 mensais por três meses, com o primeiro mês gratuito e sem fidelidade. Depois do período o preço recorrente aumenta para R$ 99, e pode chegar a R$ 270 se associado a outros serviços.

Todo o portfólio da Algar Telecom estará disponível para os clientes da região, mas o foco inicial das vendas será na banda larga por fibra óptica. Os planos poderão ser contratados tanto no ponto de presença físico (nova loja credenciada) quanto via canais digitais ou vendas porta a porta.

“Não queremos ser apenas mais uma operadora na região. Nossa proposta de valor é oferecer uma rede nova e atendimento próximo. Queremos mostrar que temos um olhar fim a fim para a jornada do cliente”, conclui o executivo. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Vivo disponibiliza novas soluções para o agronegócio
Próximos Aliança estratégica é a saída para a cibersegurança do pequeno produtor rural