Airbus fará novos satélites para a Eutelsat


A Eutelsat Communications encomendou dois novos satélites da Airbus Defence and Space para substituir os três satélites HOTBIRD existentes na posição orbital 13° Leste. Estes satélites totalmente elétricos de alta potência estarão prontos para entrar em serviço em 2022, servindo a Europa, Oriente Médio e Norte da África.

PUBLICIDADE

Com uma massa de lançamento de 4,5 toneladas e uma potência elétrica de 22 kW, os satélites de propulsão elétrica serão baseados na plataforma Eurostar Neo da Airbus que será produzida, juntamente com suas cargas de alto desempenho, em suas instalações no Reino Unido em Stevenage e Portsmouth, bem como em suas instalações francesas em Toulouse.

Essa tecnologia de última geração permite que a Eutelsat substitua a constelação atual de três satélites por dois, aprimorando ainda mais a otimização de capex alcançada por meio da aplicação da política de racionalização de custos. Essa aquisição é totalmente coberta pelo orçamento de investimentos existente da empresa. O valor, no entanto, não foi revelado.

Os satélites HOTBIRD que serão substituídos transmitem quase 1.000 canais de televisão, incluindo mais de 340 em HD, transmitidos para mais de 135 milhões de residências. São os maiores geradores de receita da operadora há mais de 20 anos. Este satélite também hospeda 10 plataformas de TV premium e transmite mais de 600 canais de TV paga e cerca de 400 canais de sinal aberto. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Software é bitributado e apela ao STF para decisão rápida
Próximos Velocidade média do 4G no Brasil supera a do WiFi, aponta estudo