Ações da Oi podem continuar cotadas abaixo de um real


Crédito: Freepik
Assim a companhia náo precisa fazer novo grupamento de ações.Crédito: Freepik

As ações da Oi poderão continuar cotadas abaixo de R$ 1,00, autorizou a B3 em novo pedido de reconsideração formulado pela operadora de telecomunicações. O fato relevante sobre esta autorização foi publicado ontem 31, tarde da noite, e informa que a partir de 01 de julho de 2022 será iniciado um novo período para apuração de 30 pregões ininterruptos com a cotação das ações abaixo de um real.

A operadora informou ainda que,  ” caso ocorra desenquadramento com base na apuração a ser realizada no referido período, a Companhia deverá imediatamente submeter a seus acionistas proposta de grupamento de suas ações para deliberação em Assembleia Geral”.

PUBLICIDADE

Entre as razões para a Oi ter obtido nova autorização da Bolsa de Valores brasileira para que as ações fiquem abaixo de um real  está, argumenta a empresa, a intenção de evitar “quaisquer prejuízos aos stakeholders da empresa”. Isso porque, a Oi volta a se capitalizar, com a venda dos ativos da Oi Móvel (quando foi vendida para as três operadoras de celular instaladas no país – Claro, Vivo e TIM – e a venda de sua rede fixa para o BTG, operação que está prestes a ter a totalidade da operação de alienação concluída.

A Oi ressalta que essas duas operações são “relevantes no contexto da execução do ” plano de Recuperação Judicial e de precificação do valor das ações, uma vez que são indispensáveis para a sustentabilidade de longo prazo da Companhia; bem como a previsão de encerramento do processo de Recuperação Judicial, quando as ações da Oi estarão novamente aptas a integrar diversos índices de mercado”.

PUBLICIDADE
Anterior Anatel perdoa mais de R$ 10 bilhões da dívida da Oi
Próximos WDC acerta contrato para construção de duas usinas para VSG Energia