Ações da Oi disparam e da TIM caem, com intenção de compra da concessionária pela Telecom Italia


Uma reviravolta pode ocorrer no modelo de concentração do setor de telecomunicações brasileiro. A Telecom Italia pensa em lançar uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Oi, noticiou a Bloomberg nesta terça-feira. Sem dar grandes detalhes, a agência cita informações recolhidas junto de três fonte. As ações da Oi subiram 8,60% (BR4) e 6,69% (BR 3) e a da TIM caíram 4,13%.

Uma reviravolta pode ocorrer no modelo de concentração do setor de telecomunicações brasileiro. A Telecom Italia pensa em lançar uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a Oi, noticiou a Bloomberg nesta terça-feira. Sem dar grandes detalhes, a agência cita informações recolhidas junto de três fonte. As ações da Oi subiram 8,60% (BR4) e 6,69% (BR 3) e a da TIM caíram 4,13%

A operação seria realizada através da operadora móvel TIM, que é potencial alvo de aquisição da Oi. Em agosto, a empresa liderada por Zeinal Bava anunciou ter contratado o Banco BTG Pactual para assessorar a compra de uma posição na TIM. A operadora de celular  tem um valor de mercado de cerca de US$ 14 bilhões  e controlada em 67% pela Telecom Itália.

Em 11 de Setembro, a Oi emitiu  um comunicado em que confirmava que, apesar de não estar envolvida “em quaisquer negociações formais” a respeito da compra da TIM, tinha contratado o BTG Pactual para “desenvolver alternativas com o objetivo de viabilizar uma proposta para aquisição da participação da Telecom Italia na TIM”.

PUBLICIDADE

A Oi é a quarta maior operadora de comunicações brasileira, com um valor de mercado de R$ 13,5 bilhões. O problema é a dívida da operador, de mais de R$ 40 bilhões.

Anterior Porto Seguro Conecta deve fechar ano com 310 mil linhas
Próximos Competição dificulta entrada de MVNOs no país, diz Baigorri