Acessos em banda larga chegam a 165,5 milhões em julho após alta de 50%


O Brasil chegou a julho com 165,5 milhões de acessos em banda larga, o que representou um crescimento de 50% frente a julho do ano passado. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), nos últimos doze meses, 55 milhões de novos acessos foram ativados, num ritmo de ativação de 1,8 nova conexão por segundo.

A banda larga móvel, pelas redes de 3G e 4G, liderou a expansão dos acessos à internet, chegando em julho a 142,1 milhões de conexões, com 60% de crescimento em relação a julho de 2013. Com esses dados, o Brasil já tem mais celulares com acessos em banda larga do que terminais móveis sem acesso à internet rápida.

Na banda larga móvel, 126,2 milhões são de conexões de celulares, incluindo os smartphones, e 15,9 milhões são terminais de dados, entre eles modems de acesso à internet e chips de conexão máquina-máquina (M2M). A banda larga pela tecnologia de quarta geração (4G), que permite velocidade de conexão à internet até dez vezes mais rápida que a 3G, já conta com 3,6 milhões de acessos.

Na banda larga fixa, os acessos somaram 23,4 milhões em julho. Desse total, 2 milhões de conexões foram ativadas nos últimos doze meses, com crescimento de 9,2% no período. A infraestrutura de banda larga fixa está presente em todos os municípios brasileiros.

A expansão também se deu na cobertura das redes de banda larga móvel, ativada em 342 novos municípios nos últimos doze meses. Ao todo, as redes de terceira geração estão instaladas em 3.756  municípios, onde moram 92% dos brasileiros. O 4G já chega a 119 cidades, que concentram 39% da população brasileira. Essa cobertura supera em muito a meta prevista, de atendimento de 45 cidades com mais de 500 mil habitantes.(Com assessoria de imprensa)

Anterior PIB recua 0,6% no 2º trimestre, mas serviços de informação têm avanço de 1,1%
Próximos Congresso prorroga validade da Medida Provisória 651/14