Acesso à banda larga custa 8,51% mais em agosto, diz IBGE


Alta contribuiu com 0,05 ponto percentual para o avanço do IPCA de 0,24% no mês. No ano, o indicador acumula alta de 0,70% e, em 12 meses, de 2,44%, acima dos 2,31% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2019, a variação havia sido de 0,11%.

O preço do acesso à internet subiu 8,51% em agosto, segundo pesquisa do IBGE. Com essa alta, o item comunicações teve alta de 0,67% no mês, contribuindo com impacto de 0,05 ponto percentual (p.p.) para o avanço do Índice  Nacional de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA) de 0,24%.

O índice, divulgado nesta quarta-feira, 9, é 0,12 p.p. abaixo da taxa registrada em julho (0,36%). Porém, é o maior resultado para um mês de agosto desde 2016, quando o IPCA foi de 0,44%.

A maior variação veio dos transportes (0,82%), que apresentaram também o maior impacto positivo no índice do mês (0,16 p.p.). A segunda maior contribuição (0,15 p.p.) veio de alimentação e bebidas, que registrou alta de 0,78%

PUBLICIDADE

No ano, o indicador acumula alta de 0,70% e, em 12 meses, de 2,44%, acima dos 2,31% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2019, a variação havia sido de 0,11%.

INPC

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do mês de agosto apresentou alta de 0,36% enquanto, em julho, havia registrado 0,44%. Este é o maior resultado para um mês de agosto desde 2012, quando o índice foi de 0,45%. No ano, o INPC acumula alta de 1,16% e, nos últimos 12 meses, de 2,94%, acima dos 2,69% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em agosto de 2019, a taxa foi de 0,12%.

O item comunicação teve a maior alta no mês, de 1,15% com impacto de 0,07 p.p. no índice geral. Em julho, a alta foi de 0,41%. Alimentação foi o item com maior alta, de 0,80%.

Anterior Gomes: Caminho sem volta na preferência pelo digital
Próximos Anatel bate o martelo: Fox+ é livre para ser vendida na internet sem vínculo com operadora