77,9% dos brasileiros usam celular, aponta o IBGE


brasil mapa 2
Imagem: Freepik

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje, 13, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) 2014. O estudo traz dados detalhados sobre as condições de vida da população brasileira, que cresceu ano passado, chegando a 203,2 milhões de pessoas.

O levantamento mostra que, no Brasil, a posse de telefone celular para uso pessoal aumentou 4,9% em 2014 (6,4 milhões de pessoas a mais), totalizando 136,6 milhões de pessoas de 10 anos ou mais de idade donas de um aparelho. Sempre em comparação com os resultados do ano passado, referentes a 2013. A proporção destas pessoas, que na pesquisa anterior era de 75,2%, passou a 77,9% do total. 

PUBLICIDADE

A proporção de domicílios com algum tipo de telefone, em 2014, foi de 93,5% (62,7 milhões), sendo que em 37,8 milhões (56,3%) havia apenas telefone móvel celular. Em relação a 2013, a proporção de domicílios que possuíam apenas telefone móvel celular cresceu 2,3 pontos percentuais (era de 54%), mais do que a proporção de domicílios com algum tipo de telefone, que aumentou 0,9 ponto percentual (era de 92,5%).

Pela primeira vez, a proporção de internautas passou da metade da população residente, saindo de 49,4% em 2013 para 54,4% em 2014. Em todas as grandes regiões, houve crescimento do contingente de internautas: 19,3% no Norte, 14,6% no Nordeste, 9,5% no Sudeste, 10% no Sul e 12% no Centro-Oeste.

Cerca de 95,4 milhões de pessoas com 10 anos ou mais de idade acessaram a internet por meio de microcomputador entre 28 de setembro de 2013 e 27 de setembro de 2014, período em que a pesquisa foi realizada. O número mostra crescimento de 11,4% (ou 9,8 milhões de usuários) em relação ao ano de 2013.

Em 32,5 milhões de domicílios há ao menos um microcomputador, sendo 28,2 milhões com acesso à internet, um crescimento de 2,2% em relação ao ano anterior. Porém, em termos proporcionais, houve queda tanto no percentual de domicílios com microcomputador (de 48,9% para 48,5%) quanto com microcomputador com acesso à internet (de 42,4% para 42,1%). Os domicílios com algum aparelho de TV somam 65 milhões, crescimento de 2,9% em relação a 2013.

PUBLICIDADE
Anterior EAD já prepara distribuição do conversor de TV digital para Brasília
Próximos Facebook diz que Internet.org não é só seu