5G irá gerar receita de US$ 600 bi para operadoras até 2026


5g. Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A receita gerada pela tecnologia 5G irá chegar a US$ 600 bilhões ao ano até o fim de 2026, de acordo com pesquisa da Juniper Research, empresa de análise do setor de tecnologia digital e móvel. O valor estimado representará 77% da receita global das operadoras.

Os dados fazem parte da pesquisa Estratégias de Receita para Operadores: Desafios, Oportunidades e Previsões de Mercado 2021-2026. Com ela, a Juniper afirma que operadoras aprimorar suas redes de quinta geração e virtualização para desenvolver serviços baseados em IP que geram receitas adicionais. Nesse contexto, os provedores de telecom devem focar nos dispositivos de consumidores finais.

PUBLICIDADE

No entanto, as operadoras deverão capitalizar fluxos de receita 5G para além de smartphones, à medida em que a quinta geração se expandir. A adesão à 5G está sendo impulsionada por forte absorção de dispositivos 5G e pacotes de dados 5G com preço atrativo. O estudo recomendou o agrupamento de assinaturas de vários aparelhos em um único pagamento recorrente para permitir que as operadoras se beneficiem da receita de conectividade de outros dispositivos de consumo.

A quantidade de dados de celular produzidos deve alcançar 2.900 exabytes até 2026, enquanto em 2021 esse número é de 720 exabytes. Isso significa que haverá um crescimento de 300% nos próximos cinco anos, devido a um crescimento na demanda por dados em conexões 5G e dispositivos IoT. Até 2026, o número de aparelhos IoT deverá chegar a 6 bilhões, conforme a pesquisa. (Com assessoria de imprensa)

PUBLICIDADE
Anterior Setor de energia já se adapta à escolha livre do consumidor, diz consultor
Próximos As aplicações e o tipo de conectividade são os maiores desafios da logística