Governo português não se mete na disputa pela Portugal Telecom


O governo português não intervirá na disputa pela Portugal Telecom nem se mostrará favorável a nenhum interessado, embora monitore o assunto com atenção devido a dimensão da empresa, disse o primeiro-ministro português Pedro Passos Coelho. Ele  disse a jornalistas ontem, 5, que “há diversas empresas que manifestaram o interesse em comprar a Portugal Telecom e algumas quiseram informar previamente o governo (português) do interesse”.

“A todas o governo disse: o Estado não interferirá e espera que este processo seja tão transparente e competitivo quanto possível. A Portugal Telecom é uma empresa privada, não há nenhuma intervenção pública nessa matéria”.Mas ele disse que o fato de o Estado não intervir no processo não quer dizer que o governo não acompanhe a situação.

“Sigo com atenção o que se passa com a Portugal Telecom. Acho que o futuro da empresa é importante para a economia, mas vejo que existem movimentos que não partem do Estado, não são influenciados pelo Estado e que não contarão com a intervenção do Estado no sentido de poder ser mais amigo de uns ou de outros”, disse o premiê. (Com agência Reuters) 

PUBLICIDADE
Anterior Novo malware torna sistemas da Apple vulneráveis
Próximos Verizon fala em ir novamente à justiça contra FCC e neutralidade da rede