Vetos ampliam a lista de pautas que precisam ser votadas com urgência em sessão conjunta da Câmara e do Senado.

Companhia fez 5.464 pedidos de patentes internacionais em 2020. A segunda empresa com mais pedidos foi a Samsung, com 3.093.

A operadora pretende comprar de cinco a 10 provedores regionais no estado de São Paulo nesse semestre

A big tech afirmou que continuará a trabalhar no ambiente de testes Google Sandbox para novos padrões de web abertos para avançar na privacidade. Um deles é o FLoC, que agrupa pessoas com interesses similares

Texto proíbe profissionais comissionados de cuidarem da segurança dos dados dos órgãos federais e autoriza indicação de militares para estes postos.

O Galaxy A32 5G possui processador octa-core de 2GHz, 4 GB de memória RAM e sistema quádruplo de câmeras. Será vendido por R$ 2,7 mil. Mas não vai funcionar nas redes 5G puras que serão instaladas no país a partir de meados de 2022.

Depois de cinco anos sem venda de espectro, o governo indiano encontra compradores para 60% das frequências licitadas.

Fabricante brasileira de equipamentos DWDM vê mercado aquecido na região. Planos de expansão incluem novos produtos, aumento da equipe, modelos de contratação e financiamento dedicado aos provedores regionais de internet.

Estações que não estiverem na base de dados da Anatel até 1º de abril não contarão para fins de cálculo do valor ressarcido ou da migração de equipamentos para outra faixa de frequência.

Com isso, a operadora espera se aproximar de potenciais investidores internacionais e daqueles sensíveis aos princípios ESG

Em caso de ofertas equivalentes, as operadoras terão que dar preferência para produtos e softwares de tecnologia nacional ou fabricados no Brasil.

Dados coletados pela pesquisa apontam que há discrepâncias entre a rede paulista e o SUS paulista na utilização de diferentes formas de conexão e no grau de informatização

A entidade sugeriu prazos maiores para notificação de incidentes e entrega dos relatórios de impacto de proteção de dados. Além disso, a Abranet defendeu que, em vez de sanções, PMEs e startups recebam até três advertências e orientações

A minuta deixa em aberto que empresas em “processo de transferência de controle acionário”, que é o caso da Oi móvel, que assinou contrato de venda com Claro, Vivo e TIM, não estaria impedida de comprar os lotes regionais da faixa de 700 MHz. Mas a Anatel confirma que há restrições.

As empresas que comprarem as frequências de 3,5 GHz nacionais terão que construir backbone em mais de mil municípios brasileiros e instalar erbs 5G stand alone a partir de julho de 2022. As que comprarem lotes regionais, só começam a 5G em 2026.

Pagamento será feito em duas parcelas. Vivo também receberá em dinheiro pela venda de 25% das ações da Fibrasil para a Telefónica Infra, braço do grupo espanhol dedicado a infraestrutura fixa. Transação precisa passar por análises de Anatel e Cade.

Anatel liberou a íntegra da minuta do edital de licitação do 5G. Ela traz os lotes das frequências a serem leiloados; as obrigações de cobertura; as obrigações de garantias e a forma como se dará a venda. O preço final só será conhecido após a aprovação do Tribunal de Contas da União.

A fim de fazer o leilão 5G, agência acrescentou ao regulamento a destinação da faixa até 3,8 GHz para celular, serviços multimídia e redes privativas. Também foi publicado o regulamento de uso da faixa de 26 GHz.

Mais de 65 parceiros do ecossistema, incluindo Cisco, Dell Technologies e Intel, construirão serviços de nuvem híbrida

Executivos da empresa afirmam que a companhia tem produtos para atender os requisitos determinados pela Anatel, patentes e realiza fortes investimentos em P&D para se manter como um dos líderes do mercado

A Terceira Turma do STJ decidiu hoje,2, que, com base no Marco Civil da Internet, a empresa deve entregar as informações de um e-mail, mesmo hospedado no exterior à Justiça.

Em 10 anos, o WIFI 6 trará mais US$ 44 bilhões para o Brasil

Decisão pioneira da Anatel vai refletir para os próximos 20 anos

5G terá sinergia com os ISPs

A Surf Telecom tem em carteira 105 grupos empresariais que usam o seu chip e os seus sistemas com marcas próprias. Lista que reúne grandes bancos, varejistas e muitos provedores regionais. Falar em MVNO é falar na Surf, que garante montar uma operação móvel em 60 dias, contam Alexandre Pieroni e Davi Fraga, diretores da empresa.

MENU

Voltar