Yahoo rejeita ultimato da Microsoft


O Yahoo rejeitou hoje o ultimado dado no sábado pela Microsoft, para que aceitasse a oferta de compra de US$ 44,6 bilhões. No último sábado o presidente da Microsoft, Steve Ballmer, enviou carta aberta ao conselho diretor do Yahoo estabelecendo um prazo de três semanas para que a empresa se decidisse pela oferta, que representa …

O Yahoo rejeitou hoje o ultimado dado no sábado pela Microsoft, para que aceitasse a oferta de compra de US$ 44,6 bilhões. No último sábado o presidente da Microsoft, Steve Ballmer, enviou carta aberta ao conselho diretor do Yahoo estabelecendo um prazo de três semanas para que a empresa se decidisse pela oferta, que representa US$ 0,31 por ação, caso contrário a companhia de Bill Gates iria recorrer diretamente aos acionistas do portal, e o preço oferecido poderia ser reduzido.

Em resposta o Yahoo divulgou hoje carta dirigida à Ballmer, em que avaliam como insuficiente a proposta feita. Assinada por Roy Bostock, chairman do Conselho de Administração do Yahoo, e Jerry Yang, diretor executivo, a carta destaca que o portal continua “acreditando que a proposta não é do melhor interesse do Yahoo nem de seus acionistas", e refuta argumento de Ballmer, alegando que “ao contrário do que dizem em sua carta, os acionistas que representam uma porção significativa de nossas ações em circulação nos informaram que a proposta desvaloriza substancialmente o valor do Yahoo."

Ballmer afirmou que o Yahoo não está disposto a negociar seriamente a proposta feita há mais de dois meses, e que uma recusa pela atual proposta levaria ambas as empresas a uma disputa de poder, tendo por objetivo convencer os acionistas do portal a aceitarem diretamente a oferta da Microsoft. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Oi lança VPN para redes de serviços convergentes
Próximos Uso de celulares em vôos é liberdo na UE