Yahoo! lança ferramenta de troca de informações


O Yahoo! lançou hoje, oficialmente, uma ferramenta online de troca de informações entre usuários. No Yahoo! Respostas (www.yahoo.com.br/respostas), os usuários postam perguntas e oferecem  respostas pontuais sobre diversos temas. De modo a construir,  colaborativamente, um repositório de conteúdos, como em uma enciclopédia. Com  a diferença de que não há uma única explicação para os verbetes …

O Yahoo! lançou hoje, oficialmente, uma ferramenta online de troca de informações entre usuários. No Yahoo! Respostas (www.yahoo.com.br/respostas), os usuários postam perguntas e oferecem  respostas pontuais sobre diversos temas. De modo a construir,  colaborativamente, um repositório de conteúdos, como em uma enciclopédia. Com  a diferença de que não há uma única explicação para os verbetes — todas as respostas são publicadas, e podem ser hierarquizadas por um sistema de
votação aberto.

Fabio Boucinhas, responsável pelo projeto no país, acredita que a ferramenta é uma tendência da web 2.0 (segunda geração de serviços e aplicativos na internet que favorece a produção de conteúdo de formas colaborativas). Ele enfatiza que a avaliação crítica dos conteúdos tem de ser feita por cada
usuário. “Acreditamos que, cada vez mais, teremos usuários utilizando a  internet como meio de obter informações. O próprio usuário determina a resposta que mais se adequa à sua necessidade”, avalia.

Filtro

A ferramenta se assemelha a fóruns de discussão. Assim, as repostas poderão ter mais ou menos consistência. Por exemplo, alguém perguntou o que era maçonaria e obteve, como uma das respostas, que se tratava de “arte ou obra  de pedreiro” . O filtro é determinado pelos próprios leitores, que votam na melhor resposta, que será priorizada em futuras buscas naquele tema. O Yahoo! só interfere sobre conteúdos que considera ofensivos ou quando o usuário denuncia abusos.

O Yahoo! Respostas existe em 19 países e está traduzido para nove idiomas. Há mais de 20 milhões de respostas cadastradas em todos os mundo e cerca de 70  milhões de usuários. No Brasil, pouco mais de 100 mil respostas foram postadas desde que o serviço foi lançado na versão beta, em 26 de junho. (Heitor Augusto)

Anterior OPA à PT: proposta concorrente cada vez mais difícil.
Próximos Governo ainda não decidiu a questão dos bloqueadores nos presídios