Xiaomi vira MVNO, na China


A fabricante de smartphones Xiaomi, que vem roubando mercado de gigantes como a Samsung, agora é também operadora de telefonia móvel na China. A empresa lançou hoje, 22, que a operação terá dois planos de telefonia, um pós-pago com 3 GB de franquia de dados e conectividade 4G, pelo equivalente a US$ 9 ao mês; e outro pré-pago, com cobrança de um centavo de yuan por minuto, além de SMS e 1 MB de dados.

O serviço vai operar sobre as redes 2G, 3G e 4G da China Unicom. A empresa havia ganho a licença para explorar o serviço em novembro de 2014. A lançamento aconteceu em conjunto com novos aparelhos, entre caixas de som buetooth e dispositivos móveis, como o novo topo de linha Mi 4C, com tla de 5 polegadas, processador Snapdragon 808, da Qualcomm e câmera de 13 MP. Não há, por enquanto, previsão de venda deste aparelho no Brasil. A empresa vai, porém, anunciar novidades na próxima quinta-feira, 24, para o mercado local. (Com agências internacionais)

mi4c
Mi 4c, o novo topo de linha da Xiaomi, vem com processador Qualcomm e tela de 5 polegadas full HD.
Anterior Brasil terá 304 milhões de linhas móveis em 2018
Próximos Oi quer estimular recarga por cartão de crédito