Xiaomi vende 34,7 milhões de celulares no primeiro semestre


A chinesa Xiaomi, que esta semana chegou ao Brasil, vendeu em todo o mundo 34,7 milhões de aparelhos no primeiro semestre, crescimento de 33% ano a ano, mas longe do desempenho de 2014, quando a fabricante cresceu 227% no período.

Para os analistas, com este desempenho, a empresa não atingirá a meta de vender 100 milhões de aparelhos este ano.

A redução das expectativas se deve ao desempenho do mercado chinês, que deverá crescer este ano apenas 2,5%, menos do que o resto do mundo e também à queda do desempenho dos celulares  Android

Anterior Mobilidade dá suporte ao piloto de loja interativa da Via Varejo
Próximos Oi terá que fazer nova oferta para compartilhamento de torres