Xiaomi usará tecnologia da Qualcomm em seus smartphones


shutterstock_chungking_Tecnologia_tendencia_TIC_TI_chipA fabricante Xiaomi assinou um contrato de licenciamento com a Qualcomm. Pelo acordo, a chinesa pagará royalties  ao desenvolver, produzir e vender smartphones 3G, com sistema WCDMA e CDMA200, e 4G, incluindo sistemas de conectividade trimodal (LTE-TDD, TD-SDMA e GSM). Todas são tecnologias patenteadas da empresa norte-americana.

Segundo o Wall Street Journal, a Qualcomm estaria negociando, também, contrato similar com a Lenovo, fabricante de computadores e celulares, que comprou a Motorola Mobility do Google em 2014.

O anúncio segue-se a outro acordo, fechado no começo do ano pela Qualcomm com o governo da China, para reverter um processo antitruste e de abuso de posição dominante no mercado local. A companhia pagou US$ 975 milhões em reparação, e pode manter quase intacto seu modelo de licenciamento e cobrança junto a fabricantes de dispositivos móveis. Mais da metade do faturamento da fabricante de chips provem das patentes que detém.

Anterior Instituto TIM fornece software para a prefeitura do Rio
Próximos Dilma sanciona lei que aumenta a taxa paga pelas teles para a Ancine