WxBR vê uso da faixa de 450 MHz para conexão M2M na zona urbana


O Brasil já tem uma solução completa para o uso da tecnologia LTE na faixa de 450 MHz, desenvolvida e fabricada no país. Segundo o presidente da empresa WxBR, Samuel Lauretti, o sistema visa o atendimento da cobertura rural, mas pode ser aproveitado na zona urbana para conectar equipamentos M2M, tecnologia que terá forte crescimento nos próximos anos.

Lauretti disse que a faixa de 450 MHz, já padronizada mundialmente em junho do ano passado, é mais uma opção para atender a crescente demanda de tráfego no país. De acordo com o executivo, até 2015 o Brasil precisaria de 1.300 MHz de frequência destinada para a banda larga móvel e, mesmo com o leilão da faixa de 700 MHz, não chegará nem a metade da banda necessária.

O presidente da WxBR foi um dos palestrantes no 36º Encontro Tele.Síntese, que acontece nesta terça-feira (4), em Brasília, para debater o 4G e cobertura da zona rural.

Anterior TIM está preocupada com receitas na faixa de 700 MHz
Próximos 700 MHz: instalação de filtros nas TVs pode custar bilhões, alerta Abratel