Wireless Mundi – São Paulo vai fazer compra centralizada de SMS


 O governo do Estado de São Paulo, por meio do grupo de inovação da Secretaria de Gestão, está desenvolvendo piloto com cinco instituições do estado para testar o uso do serviço de mensagem pelo celular (SMS) no atendimento ao público. O piloto envolve lembrete de confirmação de consulta, informações agrícolas e de pontos de infração …

 
O governo do Estado de São Paulo, por meio do grupo de inovação da Secretaria de Gestão, está desenvolvendo piloto com cinco instituições do estado para testar o uso do serviço de mensagem pelo celular (SMS) no atendimento ao público. O piloto envolve lembrete de confirmação de consulta, informações agrícolas e de pontos de infração no trânsito, entre outras aplicações, informou Sérgio Bolliger, gerente do Grupo de Apoio Técnico a Inovação da Secretaria de Gestão Pública, durante o 2º Wireless Mundi.

A idéia, segundo Bollinger, é fazer uma licitação conjunta de um volume de SMS para todos os orgãos do estado testarem o serviço. Segundo Bollinger, o piloto está sendo feito com a participação de três empresas que se credenciaram junto à Prodesp, a companhia de processamento de dados do estado, e que fazem a intermediação junto às operadoras celulares. Embora a presença da figura do broker facilite a operação, ela coloca um sobrepreço na operação. Por isso, ainda não houve uma decisão de o estado contratará um broker ou negociar diretamente com cada uma das celulares.

Anterior Wireles Mundi - SMS pode eliminar filas
Próximos Wireless Mundi - Há muito desperdício de recursos, afirma Prodesp.