Wireless Mundi: Mais baratos, smartphones podem apoiar governos.


 As administrações municipais e estaduais já podem pensar em usar os smartphones (ou telefones inteligentes) na segurança pública, controle aduaneiro ou mesmo agilizar a troca de informação entre as equipes de rua, visto que os aparelhos têm caído muito de preço. Segundo Eduardo Cerqueira Dias, gerente de licitação da Vivo, este ano os aparelhos deverão …

 As administrações municipais e estaduais já podem pensar em usar os smartphones (ou telefones inteligentes) na segurança pública, controle aduaneiro ou mesmo agilizar a troca de informação entre as equipes de rua, visto que os aparelhos têm caído muito de preço. Segundo Eduardo Cerqueira Dias, gerente de licitação da Vivo, este ano os aparelhos deverão ser adquiridos pela operadora por 200 dólares a menos do que os comprados no ano passado.

Mas Dias alertou que os serviços de mensagens curtas – SMS, capazes de serem transmitidos e recebidos por qualquer tipo de aparelho presente no mercado brasileiro, ainda são subutilizados no Brasil e as potencialidades são muito grandes.Entre as aplicações do SMS, estão presentes as informações escolares (por exemplo, o controle de frequência dos alunos), controle de saldo e extrato do FGTS. Aliado a um GPS, o sistema de mensagens curtas pode ainda fornecer informações sobre os horários dos ônibus em cada ponto da cidade.

Ricardo Tavares, vice-presidente sênior para Políticas Públicas da GSM Association, acha também que a SMS pode ser melhor explorada no mercado interno. " O mundo manda 7 bilhões de mensagens por ano, e qualquer aparelho de celular é capaz de captá-las", ressaltou.  Por suas projeções, em 2013, a tecnologia de terceira geração deverá alcançar 30 milhões de usuários brasileiros. ( Da redação).

Anterior Wireless Mundi: Hcor usa celular para salvar infartados
Próximos Wireless Mundi ganha portal