Vodafone e Nokia pedem revisão da regulamentação de transações móveis


A Vodafone, em parceria com a Nokia, está liderando o movimento de fabricantes de equipamentos para telefonia celular que pedem a revisão da regulamentação para facilitar serviços de mobile banking. Em um relatório sobre políticas de regulamentação publicado hoje, 4 de julho, denominado “A trasformação potencial em transações móveis”, as empresas afirmaram que o uso …

A Vodafone, em parceria com a Nokia, está liderando o movimento de fabricantes de equipamentos para telefonia celular que pedem a revisão da regulamentação para facilitar serviços de mobile banking. Em um relatório sobre políticas de regulamentação publicado hoje, 4 de julho, denominado “A trasformação potencial em transações móveis”, as empresas afirmaram que o uso de celulares para transações financeiras terá um grande impacto no desenvolvimento econômico mundial, e na segurança financeira de milhões de pessoas que estão atualmente desbancarizadas.

O relatório, elaborado por economistas externos e consultores do Banco Mundial, ressalta que a falta de acessos a serviços bancários nos países em desenvolvimento, levou uma parte da população à uma economia baseada apenas no dinheiro vivo. E cita programas pilotos de mobile banking desenvolvidos na África e Ásia nos últimos dois anos, que evidenciaram que o uso de celulares para transações financeiras promovia a bancarização das populações mais pobres. No entanto, o estudo apontou que as leis que atualmente regulamentam transações bancárias são inapropriadas para o crescimento das transações móveis, e sugeriu aos reguladores que não releguem este tipo de transação a escalas sub-econômicas.

O estudo apontou, especificamente, uma revisão dos sistemas de liberação de crédito para permitir transações móveis de valores mais altos; adaptação de esquemas anti-lavagem de dinheiro para transações móveis, e uma abordagem que considere a interoperabilidade entre diferentes sistemas deste tipo de transação. (Da Redação, com noticiário internacional)

Anterior Agências devem deixar de prestar contas ao TCU?
Próximos Telemig Celular: propostas de compra serão entregues dia 16.