Vivo: prejuízo de R$ 112 milhões no 2T07


No segundo trimestre deste ano a Vivo registrou prejuízo de R$ 112,8 milhões, o que representa uma redução de 77% em relação a igual intervalo de 2006, quando obteve R$ 493,1 milhões negativos. O EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no trimestre somou R$ 634,2 milhões, avanço de 107,1% comparado ao 2T06, …

No segundo trimestre deste ano a Vivo registrou prejuízo de R$ 112,8 milhões, o que representa uma redução de 77% em relação a igual intervalo de 2006, quando obteve R$ 493,1 milhões negativos. O EBTIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no trimestre somou R$ 634,2 milhões, avanço de 107,1% comparado ao 2T06, e, no mesmo período, a margem aumentou 9,2%, totalizando 21% neste último trimestre.

A receita líquida operacional foi de R$ 3,02 bilhões, expansão de 6% frente ao primeiro trimestre deste ano, e de 16,3% no segundo trimestre do ano passado. A receita de serviços cresceu no último trimestre 21,2% em relação ao mesmo período de 2006, alcançando R$ 2,64 bilhões. A ARPU (receita média por usuário) registrada foi de R$ 29,90, aumento de 24,1% em relação ao ano anterior.  

No 2T07 a operadora obteve 1.210 adições líquidas, o que significou 34,7% de todas as adições de novos clientes do mercado, sendo que 84% das ativações totais corresponderam à tecnologia GSM. O índice de churn no período foi de 2,3%, o que represetna uma redução de 0,3% em relação ao trimestre anterior. (Da Redação)

Anterior Minicom padroniza horário de veiculação da Voz do Brasil
Próximos Edital das sobras fica para o final do mês