Vivo pede para Anatel atualizar informações sobre cidades com 3G


O presidente da Vivo, Roberto Lima, ficou preocupado com as informações apresentadas pela Anatel, no encontro Tele.Síntese, de que existem hoje no Brasil apenas 390 municípios onde as empresas já implantaram a rede de terceira geração, a 3G. "Só a Vivo tem hoje 522 municípios com a 3G. Somando todas as empresas, são 711 municípios …

O presidente da Vivo, Roberto Lima, ficou preocupado com as informações apresentadas pela Anatel, no encontro Tele.Síntese, de que existem hoje no Brasil apenas 390 municípios onde as empresas já implantaram a rede de terceira geração, a 3G. "Só a Vivo tem hoje 522 municípios com a 3G. Somando todas as empresas, são 711 municípios com a rede de banda larga móvel até fevereiro deste ano", afirmou.

Segundo ele, a discrepância desses números não é só um problema de informação sobre o quadro real da evolução do celular no Brasil, mas afeta diretamente também o caixa das empresas. Isso porque, enquanto a Anatel não atestar que a rede de terceira geração está em funcionamento, a agência continua com as garantias (cartas bancárias) que as empresas foram obrigadas a apresentar para cada município brasileiro até que esta rede seja ativada. E isso significa que as empresas estão gastando recursos desnecessários com os bancos que deram as cartas de fiança para as operadoras.

Lima voltou a defender a redução da carga tributária para serviços e equipamentos; e a oferta de mais espectro para as celulares ampliarem a oferta do serviço de banda larga, engajando-se, assim, na política do governo. "A desoneração sobre o serviço de banda larga deve ser feita no máximo em um ano, pois, depois dessa data, será tarde demais", alertou.

Anterior Santanna considera denúncia sobre Telebrás como "ilação"
Próximos Martins defende implantação de mais PTTs para massificar banda larga