Vivo lança suporte técnico para serviços residenciais via app 


 

meu-vivo-fixo-tecnico

A Vivo ativou hoje, 21, para todos os seus clientes residenciais de TV paga, telefone fixo e banda larga, a possibilidade de fazer atendimentos técnicos pelo aplicativo Meu Vivo Fixo. Ao usar o app, diz a empresa, não é mais necessário entrar em contato com o call center da operadora.

Para os casos em que é preciso enviar um técnico à residência do cliente, o assinante escolhe o melhor dia e horário e acompanha em tempo real o deslocamento do técnico, incluindo localização, hora estimada de chegada e nome do profissional. Tudo por meio do app Meu Vivo Fixo, que deve ser baixado pelo cliente em smartphones Android ou iOS.

A funcionalidade de suporte técnico digital foi lançada como projeto-piloto em alguns estados há alguns meses e já registra bons resultados: 88% dos assinantes que usam o recurso ficam satisfeitos, pois não contatam o call center da Vivo nas 24 horas seguintes à utilização do app. Além disso, mais de 80% dos clientes conseguem uma solução remotamente, direto pelo aplicativo, sem a necessidade de agendar uma visita técnica presencial.

“O Meu Vivo é parte importante da estratégia de transformação digital da Vivo, pois traz facilidade para o dia a dia dos nossos clientes, melhora a prestação do serviço, além de aumentar a eficiência operacional da companhia. É uma ferramenta que está em constante evolução e em breve terá mais novidades”, afirma Ricardo Sanfelice, vice-presidente de Estratégia Digital e Inovação da Vivo.

Mensalmente, a Vivo recebe 700 mil ligações relacionadas a suporte técnico e a expectativa é que o suporte técnico digital pelo Meu Vivo Fixo responda por mais de 50% desse volume, liberando o call center para o atendimento de situações mais complexas.

O uso do app faz parte das iniciativas de transformação digital da operadora, que busca reduzir custos com pessoal de atendimento através da automação de processos. Para 2018, a operadora promete novos serviços baseados em inteligência artificial, conforme antecipado pelo Tele.Síntese. (Com assessoria de imprensa)

Anterior 3GPP define o padrão para rádios 5G
Próximos Huawei pagará para usar tecnologias da Nokia em seus smartphones