Vivo lança rede FTTH e ativa 4G em 700 MHz em Pindamonhangaba


A Vivo ativou sua rede de fibra óptica (FTTH) na cidade de Pindamonhangaba, no interior do Estado de São Paulo. Também passou a cobrir a cidade com 4G na frequência 700 MHz. Os planos de banda larga chegam a 300 Mega, a oferta da empresa atenderá tanto clientes residenciais quanto empresas de todos os portes nos bairros que serão atendidos. A Vivo também fornecerá serviço de TV por assinatura pela mesma rede de fibra, o IPTV.

Já a ativação da cobertura 4G na frequência de 700 MHz deve ampliar a área com sinal móvel da tele na cidade, já que a banda tem maior alcance e melhor penetração dentro de edifícios.

Cobertura

Os bairros que terão a rede de fibra são: Jardim Maria Emília, Residencial Andrade, Residencial Vila Suíça, Crispim, Bosque da Princesa, Tabaú, Centro, Loteamento Beira Rio, Jardim Boa Vista, Residencial Campo Belo, Chácara Galega, Residencial Campos Maia, Jardim Residencial DR Lessa, Maria Aurea, Alto do Cardoso, Jardim Campo Alegre, Mantiqueira, Parque das Nações, Cícero Prado, Colonial Village, Parque Lago Azul, Condomínio Village Paineiras, Residencial Vila Verde, Jardim Rosely, Residencial São Sebastião, Vila Nossa Senhora das Graças, São Benedito e Parque Ipê. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Fabricação de produtos de informática, eletrônico e óptico recua 0,4% em maio
Próximos 5G deve acabar com gargalos da banda larga móvel, prevê analista da OpenSignal

3 Comments

  1. Ronan
    3 de julho de 2019
    Responder

    Esqueçam essas grandes empresas. Usem os pequenos provedores com fibra, esses sim merecem, inclusive são contra franquia. Aqui em Goiás na minha cidade temos provedores da regiao com ftth de até 200mb por 140 reais

  2. ramon
    3 de julho de 2019
    Responder

    lixo de operadora vivo e net nao investem nada em meu bairro so que saber de $$ e nada mais. tomare que sofram as consequencias do futuro pois estai cresendo milhares e milhares de provedores locais aqui por exemplo tem a una telecom fibra ate a casa ftth.

  3. Anderson Anael
    8 de julho de 2019
    Responder

    Usuario comum nao precisa de tanta velocidade e sim estabilidade no serviço e ponto.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *