Vivo lança Manifesto por um novo Pacto Digital


Baseado em cinco pilares – digitalização, inclusão, educação, segurança e privacidade e modernização da legislação -. o Manifesto por um novo Pacto Digital, lançado hoje, 1º, pela Vivo, tem por objetivo convocar a sociedade e o governo para discutir o impacto da tecnologia no dia a dia das pessoas. “Queremos ser protagonistas em construir um novo Brasil, ampliando o acesso dos brasileiros à educação e ao mundo digital, com maior confiança e sustentabilidade”, disse Eduardo Navarro, presidente da Telefônica no Brasil, dona da marca comercial Vivo.

O Manifesto, que foi lançado pela Telefónica na Espanha em junho, traz ao debate uma série de novas questões que passam a ser importantes com a convivência das pessoas no mundo das redes digitais, a digitalização avassaladora dos dados e a política de uso dos dados pessoais. Essas questões são levantadas pelo Manifesto envolvendo desde que a educação, que não pode ter mais a mediação tradicional, até questões relativas à identidade digital, à privacidade digital, às políticas de uso ético do dato, à necessidade de regulamentações adequadas ao mundo digital.

Navarro disse que o Manifesto vem se somar ao documento Estratégia Digital, lançado há pouco tempo pelo governo, apresentando uma abordagem mais ampla. Lamentou que os atuais candidatos a presidente da República, em seus programas de governo, não deem prioridade à questão das redes digitais como infraestrutura essencial para o desenvolvimento do país, mas disse acreditar que será possível ao setor de TICs apresentar ao candidato eleito a importância da agenda digital para a sociedade brasileira.

Anterior Sky confirma a saída de Bap em janeiro
Próximos Futuro da Sercomtel deve ser decidido esta semana pela Anatel