Vivo já monitora em tempo real 2 milhões de terminais M2M


Até o final de 2017, a plataforma Smart Center, desenvolvida internamente pela Vivo, monitorava em tempo real 1 milhão das 7 milhões de conexões máquina a máquina da base da operadora, oferecendo a seus clientes dados como tempo de conexão, consumo de dados etc. No final de julho, já eram 2 milhões.

Agora, relata Antonio Cesar Santos, especialista em Gestão da Inovação da Telefônica Vivo, a operadora prepara a plataforma para enfrentar os desafios da Internet das Coisas e para fazer a gestão de dispositivos certificados nos padrões NB-IoT (Narrow Band IoT) e CAT-M. Ambos são padrões do 4G LTE, sendo que o primeiro é para aplicações que, pelas suas características, requerem menos mobilidade (transição entre células), e o segundo mais mobilidade.

De acordo com dados do Gartner, a Vivo responder por 41% da base de terminais M2M no Brasil. Os terminais que ainda não estão na plataforma SmartConnect, e que usam redes 2G e 3G, controlam seu consumo de forma convencional, por meio das contas recebidas.

Anterior STF barra lei que obriga tele a instalar bloqueador de celular em presídio
Próximos Ações da Oi disparam