Vivo fecha parceria com Positivo para banda larga móvel


A Vivo anunciou hoje, 28 de novembro, parceria com a Positivo Informática, fabricante de computadores líder de vendas no varejo, para ofertas de banda larga móvel. O acordo prevê banda larga móvel mais barata na rede da Vivo para quem comprar um computador Positivo, com a possibilidade de modem gratuito, dependendo do plano escolhido. Os …

A Vivo anunciou hoje, 28 de novembro, parceria com a Positivo Informática, fabricante de computadores líder de vendas no varejo, para ofertas de banda larga móvel. O acordo prevê banda larga móvel mais barata na rede da Vivo para quem comprar um computador Positivo, com a possibilidade de modem gratuito, dependendo do plano escolhido. Os computadores Positivo passarão, a partir desta semana, a sair de fábrica já com o software para conexões banda larga com a rede da Vivo, e o modem será enviado para a casa do comprador após este entrar em contato com um centro de atendimento da operadora criado exclusivamente para a promoção.

Foram criados planos específicos para a parceria, que permitem, para o Vivo Zap (cartão PCMCIA), internet “pré-paga” de 50 MB a R$ 19,90, ou 100 MB a R$ 32,90, com modem a R$ 199. Após o tráfego de 50 MB ou 100 MB, a conexão é interrompida, e o usuário tem que comprar um cartão de recarga para utilizar minutos adicionais. Há também a possibilidade de planos com acesso a 250 MB, 1GB e ilimitado, com modem gratuito e valores de R$ 19,95 , R$ 44,95 e R$ 54,75, respectivamente, para os primeiros três meses, sendo que os valores dobram após este período.

Para o Vivo Flash, modem que pode ser agregado a computadores de mesa, há planos de recarga de 100 MB a R$ 19,90 com modem a R$ 159, ou 250 MB a R$ 29,50, com modem gratuito. Há também os planos de acesso a 500 MB, 4 GB e ilimitado, com modem gratuito e valores promocionais de R$ 14,95, R$ 29,95 e R$ 39,95, respectivamente. Segundo Hélio Rotemberg, “é uma proposta inédita, juntando a maior operadora com a maior fabricante de computadores do país, para simplificar a banda larga e levar o serviço para quem não tem acesso à internet”.

Os planos têm contrato de fidelidade de 12 meses, e também podem ser adquiridos por aqueles que compraram computadores Positivo a partir de 15 de julho do ano passado. Roberto Lima, presidente da Vivo, destacou que a operadora possui 350 mil clientes do serviço de banda larga, e que com a parceria espera “aumentar significativamente a base de assinantes de banda larga móvel, somando os canais de distribuição das duas empresas, e, consequentemente, acessando mais consumidores que até então estavam fora do mercado”.

Anterior TVs públicas ganharão oito canais digitais em todas as capitais
Próximos Qualcomm aposta na eletrônica de consumo e vai concorrer com a Intel