Vivo continua a perder market share, mas mantém liderança.


A Vivo registrou em março uma pequena perda na participação do mercado, alcançando 28,42%, em relação aos 28,56% obtidos em fevereiro, contudo ainda manteve a liderança do segmento. Quem cresceu foi a TIM, que em fevereiro tinha 25,61%, e em março chegou a 25,77%. Março registrou a entrada de 965 mil novas linhas em serviço, …

A Vivo registrou em março uma pequena perda na participação do mercado, alcançando 28,42%, em relação aos 28,56% obtidos em fevereiro, contudo ainda manteve a liderança do segmento. Quem cresceu foi a TIM, que em fevereiro tinha 25,61%, e em março chegou a 25,77%.

Março registrou a entrada de 965 mil novas linhas em serviço, enquanto que em fevereiro só foram habilitados 469.568 aparelhos. O Brasil agora tem 102.152.437  celulares, sendo que desse total 82.166.834 (80,44%) são pré-pagos e 19.985.603 (19,56%), pós-pagos.  O DF ainda é a localidade que lidera a teledensidade móvel brasileira, com índice de 112,34 – ou 1,12 telefone para cada habitante.

Nos últimos 12 meses, o país ganhou 12.743.718 novos assinantes, um crescimento de 14,25%. Os dados foram divulgados hoje pela Anatel.

(Da Redação)

Anterior Fortaleza abrirá edital para rede de banda larga sem fio
Próximos Decreto de Lula cede microcomputadores ociosos para inclusão digital