Vivo conecta comunidades na Amazônia


O presidente da Vivo, Roberto Lima, dedicou a meia hora de sua apresentação, hoje, na Futurecom, para falar de programas de inclusão digital e social. O executivo relatou a experiência que a operadora implementou na Amazônia, em parceria com a Ericsson e outras organizações, para aumentar a conectividade nas comunidades atendidas pelo projeto Saúde e …

O presidente da Vivo, Roberto Lima, dedicou a meia hora de sua apresentação, hoje, na Futurecom, para falar de programas de inclusão digital e social. O executivo relatou a experiência que a operadora implementou na Amazônia, em parceria com a Ericsson e outras organizações, para aumentar a conectividade nas comunidades atendidas pelo projeto Saúde e Alegria, nos municípios de Belterra, Aveiro e Santarém, no Pará. A ONG tem um trabalho focado na área de saúde, de atendimento às populações residentes em áreas distantes, e a expectativa de Lima é que, com a instalação de uma antena na região, o trabalho possa ser ampliado por meio de iniciativas como telemedicina.

“Nas comunidades atendidas pelo projeto Saúde e Alegria o índice de mortalidade infantil é praticamente a metade do verificado em outras comunidades da região”, destacou Lima, em sua palestra. “Com nosso trabalho podemos conectar estas comunidades com o mundo”, afirmou. (Da redação)

Anterior Internet popular custará R$ 29,80 por mês em SP, com modem.
Próximos Banda larga popular beneficiará 2,5 milhões de domicílios, diz Serra.