Vivo ativa 4G em mais 16 cidades


A Telefônica Vivo ativou sua rede 4G em mais 16 cidades, em sete estados (SP, RJ, RS, MG, MS, MT e GO). Segundo a empresa, agora a rede de quarta geração se espalha por 127 municípios, onde vivem 77 milhões de pessoas. Oito das novas cidades com 4G ficam em São Paulo: Americana, Araras, Jundiaí, Marília, Rio Claro, Santana de Parnaíba, São Vicente e Valinhos. A ativação inclui também Campos dos Goytacazes e Nova Friburgo (Rio de Janeiro), Passo Fundo e Santa Cruz do Sul (RS), Rio Verde (GO), Pouso Alegre (MG), Dourados (MS) e Rondonópolis (MT).

Pós-pagos
A empresa também anunciou hoje mudanças nos planos pós-pagos. Agora, todos são compatíveis com 4G. A franquia de dados chega a 20GB (quase sete vezes mais que os antigos planos 3G), e ligações ilimitadas para Vivo fixo ou móvel no Brasil e SMS para todas as operadoras.

O número de planos cai de 78 para seis, segundo a empresa, para simplificar a escolha do usuário. Com preços a partir de R$ 99,99, os planos são os de 500MB, 2GB, 4GB, 6GB e 8G, além do Premium SmartVivo V, com 20GB. A partir do plano de 2GB, a mensalidade garante seguro de até R$ 1 mil para o aparelho celular do cliente em caso de furto ou roubo qualificados. Os benefícios incluem de 50 a 1000 minutos de chamadas para clientes de outras operadoras (fixa ou móvel).

Quem quiser, deverá contratar o serviços MultiVivo para adicionar uma nova linha ao plano para utilizar tablet, laptop ou outro smartphone por mais R$ 29,99 a R$ 49,99 ao mês. Podem ser adicionados até dez novos aparelhos, com todas as cobranças na mesma fatura.

O plano Premium SmartVivo V traz 20 GB de internet, ligações ilimitadas para a Vivo e as outras operadoras, SMS ilimitados e 100 minutos de ligações internacionais por mês, além do seguro do aparelho. Tem também serviços em roaming internacional: 15 dias de internet, 100 minutos de ligações originadas e recebidas e 100 SMS por ano. A Vivo também está estendendo a oferta do serviço 4G para clientes pré-pagos e controle, pelos mesmos preços do 3G. Abaixo, a relação das cidades com 4G da operadora:

São Paulo (42 cidades) – Águas de Lindóia, Águas de São Pedro, Álvares Machado, Americana, Araraquara, Araras Atibaia, Barueri, Bragança Paulista, Campinas, Campos do Jordão, Carapicuíba, Cotia, Guarujá, Guarulhos, Itatiba, Itu, Jaguariúna, Jundiaí, Marília, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Piracicaba, Porto Feliz, Presidente Prudente, Ribeirão Pires, Ribeirão Preto, Rio Claro, Salto, Santana de Parnaíba, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São José dos Campos, São Paulo, São Vicente Sorocaba, Suzano, Taboão da Serra e Valinhos.
Rio de Janeiro (14 cidades) – Búzios, Barra do Piraí, Campos dos Goytacazes, Duque de Caxias, Macaé, Mangaratiba, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Paraty, Pinheiral, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Teresópolis e Volta Redonda
Rio Grande do Sul (14 cidades) – Bento Gonçalves, Canela, Canoas, Caxias do Sul, Farroupilha, Gramado, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo Porto Alegre, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Leopoldo e Viamão
Minas Gerais (8 cidades) – Belo Horizonte, Contagem, Ipatinga, Juiz de Fora, Pouso Alegre, Sete Lagoas, Uberlândia e Vespasiano
Paraná (6 cidades) – Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e São José dos Pinhais
Espírito Santo (5 cidades) – Cariacica, Domingos Martins, Serra, Vila Velha e Vitória
Pernambuco (5 cidades) – Gravatá, Jaboatão dos Guararapes, Paulista, Recife e São Lourenço da Mata
Bahia (4 cidades) – Feira de Santana, Mata de São João, Porto Seguro e Salvador
Santa Catarina (5 cidades) – Blumenau, Florianópolis, Itajaí, Joinville e São José
Ceará (2 cidades) – Aquiraz e Fortaleza
Goiás (2 cidades) – Goiânia e Rio Verde
Paraíba (2 cidades) – Cabedelo e João Pessoa
Maranhão (2 cidades) – São Luís e Imperatriz
Mato Grosso (2 cidades) – Cuiabá e Rondonópolis
Mato Grosso do Sul (2 cidades) – Campo Grande e Dourados
Outros estados (12 cidades) – Aracaju (SE), Belém (PA), Boa Vista (RR), Brasília (DF), Macapá (AP), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco(AC) e Teresina (PI)

(Com assessoria de imprensa)

Anterior Fabricantes venderão 1,3 bilhão de smartphones em 2014, estima IDC
Próximos Telefónica vai migrar quase 100% do cobre para FTTH até 2020, na Espanha