Vivo anuncia retirada de Record, RedeTV! e SBT do line up


Portal-TeleSintese-VIVOPLAY-Tv-InterfaceA Vivo começou a veicular anúncios avisando que Record, RedeTV e SBT serão retirados no line up de TV por assinatura em 10 de junho. Segundo o comunicado, a retirada dos canais vai acontecer nas cidades onde o sinal analógico de TV foi desligado – o que inclui a principal praça da empresa, São Paulo e cidades da região metropolitana, de Goiás e do Distrito Federal.

A empresa diz que não conseguiu fechar um acordo com os canais para mantê-los no ar. “Durante 45 dias, a Vivo manteve um canal aberto de diálogo e negociação com a Simba, empresa que representa as emissoras, mas não chegou a um acordo comercial. Por esta razão, a Vivo comunicou os seus clientes nesta sexta-feira, 12 de maio, que os sinais da SIMBA serão retirados da sua grade de programação dentro de 30 dias. Os demais canais abertos não sofrerão alteração”, afirma a operadora.

A suspensão dos canais atingirá ao menos 77 cidades. Procurada, a Simba ainda não se pronunciou sobre o assunto. A dificuldade em negociar a compra do conteúdo pelas operadoras já levou à retirada no line up de Claro, NET, Oi e Sky. As operadoras lembram que os canais podem ser sintonizados pela TV, desde que tenha conversor digital, dos clientes, uma vez que os canais são abertos.

PUBLICIDADE

Motivos da disputa – Conforme regra da Anatel, operadoras de TV precisam carregar em seu line up os canais abertos existentes nas cidades em que atuam sem custo. Como a obrigação vale apenas para o sinal analógico, o carregamento do sinal digital das emissoras locais depende de acordo comercial. As operadoras resistem ao preço por assinante que a Simba pretende cobrar. Já a Simba, no passado, defendeu seu posicionamento reafirmando que cobra preços compatíveis com a prática de mercado.

Anterior Wanna Cry: ciberataque chega a 74 países. E contando…
Próximos STF fará audiência pública sobre o "direito ao esquecimento"