Vivo adere ao movimento Maio Amarelo de segurança no trânsito


Por meio do Portal Dialogando, a Vivo promove ação para mostrar dados importantes, dar dicas de como conduzir diferentes tipos de veículos de forma mais segura, além de apontar como a tecnologia pode contribuir com o tema. A ação da prestadora acontece durante o período do Maio Amarelo, movimento de entidades públicas e privadas, que tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O conteúdo especial da Vivo no portal sobre segurança e comportamento no trânsito dá dicas de como conduzir diferentes veículos de forma mais segura, além de apontar como a tecnologia pode contribuir com o tema. A plataforma indica, por exemplo, que o uso de celular ao dirigir já é a terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil com 54 mil vítimas ao ano, segundo dados da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet).

“Queremos contribuir para que os usuários possam viver a tecnologia de um jeito consciente. Alertar e conscientizar para um comportamento mais seguro no trânsito é imprescindível e pode salvar muitas vidas”, destaca a executiva de Sustentabilidade da Vivo Joanes Ribas.  Elaborado com a curadoria de especialistas o site traz “Dicas online para dirigir com mais segurança”, “Apps que podem ajudar no trânsito”, “Conscientização desde a infância: como o seu filho vai dirigir vendo você dirigir?” e “Como usar patinetes e bicicletas de forma segura”.  Quem navegar pela plataforma também poderá testar seus conhecimentos em um quiz e ver como estão seu comportamento e informações sobre o tema.

A plataforma dialogando, iniciativa pioneira da Vivo, está presente hoje em 15 países onde o grupo Telefônica atua e já ultrapassou a marca de cinco milhões de acessos.(Com assessoria de imprensa).

Anterior Anatel aponta ganhos com mercado secundário e prorrogações sucessivas do uso de faixas
Próximos Itaú anuncia iti, conta digital e plataforma de pagamentos instantâneos

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *