Vicente Aquino é o novo presidente do Cdust


A Anatel confirmou o conselheiro Vicente de Aquino como novo presidente do Comitê de Defesa dos Usuários de Serviços de Telecomunicações (CDUST), nesta terça-feira, 29. Também indicou os novos integrantes do colegiados, escolhidos para ocupar as vagas existentes.

Paulo Roberto Binicheski, Filipe de Araújo Vieira, Ricardo Morishita Wada e Daphne de Carvalho Pereira Nunes agora fazem parte do Cdust até 2023. Os novos membros são representantes de usuários de telecomunicações ou entidades de defesa do consumidor, públicas ou privadas, sem fins lucrativos, e uma representante de entidades de classe de prestadoras de serviços de telecomunicações.

Paulo Roberto Binicheski é representante da Associação Nacional do Ministério Público do Consumidor (MPCON), da qual é vice-presidente. É graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Associação dos Professores de Cruz Alta (1989), mestre em Ciências Jurídicas pela Universidade de Lisboa (2005) e doutorando pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Atua como professor de Direito do Consumidor no Centro Universitário IESB e é promotor de justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), titular da 1ª Prodecon – Promotoria de Defesa do Consumidor. Seu suplente é Juscelino Tavares da Rocha, representante dos usuários.

Filipe de Araújo Vieira é representante da Associação Brasileira de Procons – PROCONSBRASIL, entidade da qual é presidente. Atualmente é superintendente do PROCON/BA, órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia. Possui graduação em Direito pela Universidade Católica do Salvador (UCSal 2009) e especialização em Direito do Consumidor pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (2017), além de ser pós-graduando em Direito Municipal (UCSal 2019) e em Direito Eleitoral (UCSal 2020). Sua suplente é Karoline Luiz Calegari Naspolini, representante dos usuários.

Ricardo Morishita Wada é representante dos usuários de serviços de telecomunicações. É advogado, consultor, professor de Direito do Consumidor na Escola de Direito de Brasília – IDP, no Centro Universitário de Brasília – UniCEUB e na Universidade San Martin de Porres – Lima/Peru. Formado em direito pela PUC/SP, Mestre em Direito pela USP/Largo de São Francisco e Doutor em Direito pela PUC/SP. Foi Diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – Ministério da Justiça (2003-2010), Presidente Pro Tempore do Fórum de Agências de Governo de Proteção ao Consumidor Ibero-americana (2004-2005) e Consultor para Reforma das Diretrizes da ONU de Proteção ao Consumidor (2015). Seu suplente é Rafael Quaresma Viva, representante dos usuários.

Daphne de Carvalho Pereira Nunes é representante das entidades de classe das prestadoras de serviços de telecomunicações. Advogada com atuação em Direito Regulatório, Penal, Concorrencial, Consumidor e Administrativo, com mais de 15 anos de experiência no setor de telecomunicações. Graduada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-graduada pela Escola da Magistratura do Distrito Federal – AMAGIS/DF e pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo. Possui MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC/Brasília. Ex-Membro do Comitê Gestor do Consumidor.gov.br. Diretora da Comissão de Relações de Consumo em Telecomunicações e da Comissão de Fiscalização, Infrações e Sanções em Telecomunicações, ambas do SindiTelebrasil.(Com assessoria de imprensa)

Anterior Inclusão de proteção de dados pessoais na Constituição é defendida por especialistas
Próximos TIM S.A. comunica a abertura de capital