Viber, OTT de mensagem, é comprada por gigante de e-comerce japonês


 

A Viber, competidora do WhatsApp, foi comprada por US$ 900 milhões pelo gigante de e-commerce japonês, Rakuten. Com 280 milhões de assinantes globais, presente em mais de 200 países e com mais de 100 milhões de usuários ativos, a Viber registra ainda um forte crescimento nos mercados emergentes.

 

Na avaliação de analistas, esta aquisição traz um novo reposicionamento do grupo japonês, que tem a ambição de ser o maior empresa global de serviços de internet. Na Ásia, os serviços de mensagem são muito populares, mas de alcance regional. Tem o “WeChat” na China, o LINE no Japão e o KakaoTalk na Corea do Sul, com centenas de milhões de usuários.

 

De acordo com o grupo japones, 11,4% da Viber pertencia à família do CEO, Talmon Marco. O ano passado foi o primeiro em que o serviço gerou receitas, no valor de US$ 1,52 milhões. As perdas operacionais em 2013 somaram US$ 29,51 milhões e em 2012 foram de US$ 14,73 milhões. ( Da redação, com agências internacionais).



Anterior Venda de smart watch continua patinando. Menos de 2 milhões em 2013.
Próximos TIM vai instalar milhares de antenas Wi-Fi este ano e focar em banda larga