Viasat lança banda larga por satélite ilimitada nos EUA


viasat-2-boeing-satelite

A Viasat, provedora de banda larga por satélite que entrará no mercado brasileiro em parceria com a Telebras, anunciou na noite de ontem, 27, que venderá planos e acessos de 100 Mbps, sem franquia, nos Estados Unidos. A companhia não diz, porém, se tenciona fazer o mesmo no Brasil, onde usará capacidade do SGDC.

Nos EUA, a oferta vai usar capacidade do satélite próprio ViaSat-2, lançado em 2017 ao espaço. O artefato cobre a América do Norte e também a América Central e Caribe.

Segundo a companhia, a oferta de pacotes residenciais ilimitados com velocidade de 100 Mbps em conexões por satélite é inédita, e tem objetivo de atrair novos clientes. Também serão comercializados pacotes de 12 Mbps, 25 Mbps, 30 Mbps e 50 Mbps. Além do acesso banda larga, a conexão dará direito a uso de telefone fixo conectado ao gateway instalado no domicílio.

A Viasat tem 577 mil assinantes de banda larga satelital no mundo, a maioria na América do Norte. Faturou cerca de US$ 150 milhões no último trimestre com o serviço.

Anterior TIM e Qualcomm vão desenvolver serviços 5G no Brasil
Próximos Volvo Cars lança fundo de investimento para startups de tecnologia

7 Comments

  1. Agnaldo
    1 de Março de 2018

    Ilimitada e com preço justo, só para outros países, quando chegar aqui no Brasil. Passa a ser limitada e com preço abusivo. Coisas que o Brasil consegue.

  2. Diana
    1 de Março de 2018

    Vai ser mais barato do que essas roubalheiras que já temos aqui ?

  3. Eu quero esses 100 Mbps aqui em Jequié Bahia Brasil.. Venham pra cá o quanto antes, estamos sofrendo com a operadora Oi.. Além de mim, eu garanto mais umas 20 casas, fora que essas 20 casas vão espalhar e se multiplicar por si so

  4. José
    1 de Março de 2018

    Vale pesquisar um pouco mais e ir ao site deles. Possuem franquia sim. Vejam o que eles dizem: “On the Unlimited Bronze, Silver, and Gold service plans, after 40, 60, or 100 GB of data usage, respectively, we may prioritize your data behind other customers during network congestion.” Ou seja, usam uma expressão sofisticada para informar o que acontece quando acaba a franquia “nós podemos priorizar os seus dados atrás de outros clientes durante a congestão de rede”. Além disso a qualidade de vídeo para os planos mais iniciais é bem ruim, Me pareceu uma tremenda pegadinha.

  5. 2 de Março de 2018

    No Brasil eles venderão acesso direto ao consumidor?

    • 2 de Março de 2018

      Aparentemente, sim. Mas ainda não dizem qual será o modelo de negócio.

  6. Nelson
    4 de Março de 2018

    Nunca vi empresa de forachegar aqui e facilitar as coisas para nós brasileiros…as coisas são semore difíceis para nós!