Viasat abre escritórios no Brasil


POUSO ALTO, BRASIL, 08-07-2019 // VIASAT / SMARTPR / foto Rafael Roncato/Divulgação

A Viasat anunciou hoje, 26, a abertura de um novo escritório em Brasília e a transferência de seu escritório em São Paulo para uma instalação maior. O escritório de São Paulo fica agora na Avenida Faria Lima, na capital paulista, enquanto o de Brasília tem o objetivo de aproximar a empresa de seu parceiro estratégico, a estatal Telebras.

Segundo a empresa, a presença administrativa nesses dois pontos têm o objetivo de acelerar sua presença no país. Em fevereiro de 2018, a Viasat anunciou um acordo estratégico com a Telebras para comercializar o uso do satélite SGDC-1 (Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas). Até o momento, elas conectaram “milhares de órgãos governamentais, incluindo escolas, postos de fronteira e outras instituições-chave sob a iniciativa do programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (GESAC)”, diz a companhia.

Além de atender ao projeto GESAC, a Viasat planeja otimizar a capacidade disponível no satélite SGDC-1 para trazer serviços adicionais de satélite para o Brasil, incluindo acesso de banda larga para empresas e mercados residenciais; serviços de conectividade de alta velocidade a bordo para aviação comercial e jatos executivos; e serviços oferecidos pelo WiFi Comunitário para comunidades no Brasil que não possuem serviços de Internet acessíveis e de alta qualidade.

Em julho, iniciou um programa experimental de WiFi Comunitário no Brasil, implantando hotspots WiFi gratuitos, com velocidades de até 25 Mbps em comunidades não atendidas ou mal atendidas no estado de São Paulo, com um lançamento completo após o fim dos testes. A Companhia lançou um canal de distribuição varejista no mês passado, e continuará a expandir-se para linhas adicionais de negócios, incluindo serviços residenciais, ainda este ano.

Embora possa explorar a capacidade em banda Ka do SGDC, a Viasat já traça planos para trazer capacidade adicional de satélite para a região, assim que lançar sua constelação de satélites ViaSat-3. Esta constelação consistirá em três satélites com cobertura global. O primeiro equipamento da classe ViaSat-3, destinado às Américas, deverá ser lançado em 2021. (Com assessoria de imprensa)

Anterior Chairman da Telecom Italia renuncia
Próximos Thales Alenia Space transfere tecnologia para a Agência Espacial Brasileira