Via Embratel amplia oferta de TV paga a R$ 29,90 para Rocinha


A Via Embratel anunciou nesta sexta-feira (18) a expansão do projeto de TV paga a preços populares, Via Paz, para a comunidade da Rocinha, recém ocupada pela Polícia Militar. Segundo a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro, a operadora de TV por satélite foi a única a oferecer as condições para a parceria, que desde julho oferece 99 canais a R$ 29,90 para moradores do Complexo do Alemão, da Penha e da Vila Cruzeiro. A companhia espera ampliar a oferta do pacote, que também está presente na Mangueira desde o início do mês, para 20 comunidades pacificadas até o final do ano, incluindo o Morro do Vidigal.

 

A participação da iniciativa privada na consolidação do processo de pacificação é fundamental e a Embratel contribui, sem qualquer vantagem fiscal, com essa ação de responsabilidade social muito importante. Este projeto, em parceria com a Secretaria, cumpre três funções: a continuidade do acesso ao serviço de TV, o fim do gatonet e ainda promove o desenvolvimento local, com a geração de empregos na comunidade”, afirmou o secretário de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves, em comunicado.

 

O projeto prevê um ajuste anual do preço do serviço de apenas R$ 5,00 e IGP-M, e que os preços se igualem aos do resto da cidade em oito anos. Atualmente, o pacote Via Paz inclui 49 canais de variedades, 32 de música e 18 rádios por uma mensalidade de R$ 29,90, além de uma taxa de instalação de R$ 50.

 

A SKY também oferece um pacote de TV por assinatura diferenciado para moradores das comunidades pacificadas do Rio de Janeiro. O SKY UPP oferece 89 canais por uma mensalidade de R$ 49,90. (

Anterior Reaberta a consulta sobre compartilhamento de infraestrutura
Próximos SeAC pode contribuir para reduzir tarifa da telefonia fixa, diz Anatel