Venezuela retoma leilão de 4G, suspenso desde janeiro


Suspenso desde 2 de janeiro, o leilão para a venda de frequências de 4G na Venezuela foi retomado pelo governo que criou uma comissão para reativar o processo licitatório. A comissão será formada pelo ministério do Poder Popular para a Comunicação e Informação e por representantes da Comissão Nacional de Telecomunicações (Conatel).

Serão vendidos dois blocos nacionais nas faixas de 1,7/2,1 GHz e quatro blocos nas frequêncis de 2,5/2,6 GHz, com vigência de 15 anos.

Anterior Locaweb investe R$ 40 milhões em nova unidade de negócios
Próximos "Não tem como errar em R$ 1,5 bilhão", responde Bernardo à Abert sobre leilão de 700 MHz