Vendas mais fracas de iPads não impedem que Apple lucre 12,3% a mais no trimestre


A Apple divulgou hoje os resultados para o terceiro trimestre do ano fiscal de 2014. A companhia obteve faturamento 6% maior que no mesmo período do ano anterior, da ordem de US$ 37,4 bilhões. O lucro cresceu 12,3%, ficando em US$ 7,75 bilhões. No semestre, o lucro líquido foi de US$ 31,043 bilhões, crescimento de 5,14%.

O lucro operacional aumentou 11,75%, fechando US$ 10,282 bilhões nos três meses. Em seis meses, o crescimento ficou em 6,08%, somando US$ 41,338 bilhões. Para o próximo trimestre, a empresa espera um resultado semelhante, entre US$ 37 e US$ 40 bilhões.

O iPhone continua a ser a principal fonte de receita. Foram vendidos 35,2 milhões de unidades entre abril e junho, crescimento de 13% em relação aos mesmos meses de 2013. O aparelho gerou US$ 19,7 bilhões ao caixa da empresa.

O iPad, porém, teve vendas 9% menores que em 2013, registrando 13,2 de unidades vendidas e receita de US$ 5,8 bilhões. As vendas só não foram piores que as do iPod. Em franco declínio, o reprodutor de mídia da empresa vendeu 36% menos que em 2013 e faturou 40% menos (US$ 442 milhões). A unidade de PCs registrou receita de US$ 5,5 bilhões, 13% maior que no ano anterior, com vendas de 4,4 milhões de unidades, ou 18% a mais que um ano antes.

 

Anterior Nokia representou prejuízo de US$ 692 milhões à Microsoft
Próximos Produção local de soluções de rede da HP começa por access points