Vendas de equipamentos de informática e comunicação recuam 1,6% em julho


As vendas de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação recuaram 1,6% em julho frente o mês anterior e2,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Essa é a segunda queda seguida nessa comparação. Ainda assim, o indicador acumulado nos últimos 12 meses (0,4%) permanece praticamente estável em relação a junho (0,3%). O acumulado no ano ficou negativo em 0,4%, como mostra a pesquisa do IBGE, divulgada nesta quarta-feira,11.

Com esses resultados, a receita nominal do setor (sem desconto da inflação) em julho caiu 1,7% frente a junho. Na comparação anual o recuo cai para -1%, porém o resultado fica positivo em 1,9% no acumulado do ano e em 0,9% nos últimos 12 meses.

Segundo o IBGE, as vendas como um todo cresceram 1% em julho na comparação com o mês anterior. É o terceiro resultado positivo seguido nesse tipo de comparação, o que representa um acréscimo de 1,6% no período. Com esse resultado, o setor varejista recupera o patamar de vendas próximo a junho de 2015, mas ainda se encontra 5,3% abaixo do nível recorde alcançado em outubro de 2014.

Ao registrar crescimento de 4,3% na comparação entre julho de 2019 e o mesmo mês do ano anterior, as vendas no varejo tiveram o quarto avanço consecutivo, a maior taxa desde novembro de 2018 (4,5%). Assim, o indicador acumulado nos últimos 12 meses, ao passar de 1,2% até junho para 1,6% até julho, sinaliza ganho de ritmo no varejo.

 

Anterior Senado adia votação de PL que muda SeAC, apesar de pressa do governo para liberar AT&T
Próximos Moedas digitais: entidade do setor diz que pirâmide financeira quadruplicou nesse mercado

Sem comentários

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *