Business vector created by Timmdesign - Freepik.com

Business vector created by Timmdesign – Freepik.com

O volume de vendas de equipamentos e material para escritório, informática e comunicação cresceu 4,1% em junho frente a maio. Na comparação com igual mês do ano passado, entretanto, recuou 1,4%, como revela a pesquisa mensal do comércio nacional, divulgada nesta sexta-feira (10) pelo IBGE.

No semestre, as vendas de equipamentos de informática recuaram 0,5% e 2,2% nos últimos 12 meses, sinalizando perda de ritmo. Com relação ao melhor nível, alcançado em janeiro de 2015, o volume de vendas desse segmento está negativo em 26,3%. O aumento da inflação e a paralisação dos caminhoneiros justificam os resultados negativos.

Já o comércio varejista nacional variou -0,3% em junho na comparação com maio, segundo resultado negativo consecutivo. Na série sem ajuste sazonal, o comércio varejista cresceu 1,5% em relação a junho de 2017. Segundo o IBGE, foi a 15ª taxa positiva seguida, embora menor que a de maio (2,7%).

O volume de vendas do varejo teve índices positivos tanto no fechamento do segundo trimestre de 2018 (1,6%) como para o acumulado no ano (2,9%), frente aos mesmos períodos de 2017. O acumulado em 12 meses passou de 3,7% em maio para 3,6% em junho, sinalizando estabilidade.