Vendas das fabricantes de smartphones crescem 25,2% no terceiro trimestre


As fabricantes de celulares inteligentes venderam 327,6 milhões de unidades no período entre julho e setembro, 25.2% mais do que em 2013. Os dados são da consultoria IDC. Pelo segundo trimestre consecutivo, o papel dos mercados emergentes foi crucial para o resultado.

Apesar dos rumores de desaquecimento deste mercado, os embarques de smartphones continuam a bater recordes”, diz Ryan Reith, diretor da IDC. Segundo ele, os países desenvolvidos apresentam crescimento de um dígito, enquanto o conjunto dos países em desenvolvimento cresce mais de 30%, em média. 

A consultoria credita ao esforço dos demais competidores em alcançar Apple e Samsung o aumento dos embarques. Destaca o esforço e diferentes estratégias adotadas pela Xiaomi, Lenovo (que acaba de concluir a compra da Motorola Mobility) e LG Eletronics. “Há espaço para crescer no mercado low end, como aconteceu com a Lenovo, e no high end, como fez a Xiaomi, ou em ambos, caso da LG. Além dos cinco primeiros colocados, outras fabricantes vem crescendo com estratégias semelhantes”, analisa Ramon Llamas, gerente de pesquisa da IDC.

A Samsung continua a ser a maior fabricante, mas foi a única empresa das cinco maiores a fabricar menos smartphones que no ano anterior. O motivo seria o aumento da competição em dispositivos mid end e low end, e diminuição da procura pelos high end. A maior parte das vendas da empresa se concentrou nos aparelhos mais baratos, o que diminui sua margem de lucro.

A Apple, por sua vez, foi a vice-campeã de vendas graça aos novos iPhones 6 e 6 Plus, que fizeram a companhia alcançar o maior volume de fabricação já alcançado. A procura pelos modelos 5S e 5C também se mantiveram boas, segundo a IDC.

A Xiaomi se tornou a terceira colocada. No último levantamento, no segundo trimestre, a empresa não figura sequer entre as 5 primeiras fabricantes. O foco na China e outros países asiáticos garantiram o sucesso. A Lenovo praticamente empatou com a LG, com aumento das vendas para fora da China em 9% sobre 2013, graças à venda de aparelhos que custam abaixo de US$ 100.

Por sua vez, a estratégia da LG também no mercado de baixo custo elevou suas vendas acima das 15 milhões de unidades. O maior sucesso veio das série F e L. O top de linha da empresa, G3, também obteve sucesso no mercado premium, como divulgado pela própria empresa ontem, aumentando sua participação entre os aparelhos com LTE.

Os 5 maiores fabricantes de smartphones e evolução ano a ano (unidades em milhões). 

Fabricante

Vendas 3º Trimestre
de 2014

Market share
3º Trimestre de 2014

Vendas 3º Trimestre
de 2013

Market share
3º Trimestre de 2013

Variação ano a ano

1. Samsung

78.1

23.8%

85.0

32.5%

-8.2%

2. Apple

39.3

12.0%

33.8

12.9%

16.1%

3. Xiaomi

17.3

5.3%

5.6

2.1%

211.3%

4. Lenovo*

16.9

5.2%

12.3

4.7%

38.0%

4. LG*

16.8

5.1%

12.0

4.6%

39.8%

Others

159.2

48.6%

113.0

43.2%

40.8%

Total

327.6

100.0%

261.7

100.0%

25.2%

Fonte: IDC Worldwide Quarterly Mobile Phone Tracker, 29 de outubro, 2014

Anterior Anac publica norma para facilitar a liberação de eletrônicos a bordo
Próximos Modelo BMW i3 terá conexão M2M da Vodafone no Brasil